Com a crescente popularização dos smartphones é possível observar também uma maior utilização do internet banking por meio desses aparelhos. De acordo com relatório da Juniper, empresa americana de pesquisa de mercado, o número de usuários desse tipo de serviço gira em torno de 590 milhões em todo o mundo. Contudo, de modo proporcional à utilização desses aparelhos, aumenta, também, o interesse de criminosos. Por isso, é hora de ficar ainda mais alerta a questões de segurança. Confira algumas dicas!

Apps falsos
Um dos maiores problemas e que deve ser visto com cuidado por quem realiza operações bancárias por meio de internet bankings móveis são os apps falsos. Os criminosos mimetizam os aplicativos originais de forma que os apps se tornam quase idênticos, com a singela diferença de roubarem os dados da vítima. Para minimizar os riscos é recomendável que os apps bancários sejam adquiridos nas lojas oficiais de cada loja oficial (official store) dos smartphones. Se o app agir de forma suspeita ou pedir dados não habituais, desconfie e interrompa a utilização.

Vulnerabilidade
Recentemente, foi descoberto que uma falha do Android permite que criminosos ganhem acesso a smartphones e instalem códigos de roubo de dados dentro de apps oficiais. Mesmo tomando o cuidado de baixar o aplicativo do banco na loja oficial, o usuário ainda é uma vítima em potencial. Especialistas acreditam que se uma falha assim foi encontrada e divulgada no Android é provável que problemas semelhantes existam no iOS e no Windows 8.

Outras ameaças
Não são apenas os apps falsos que trazem perigo para os smartphones, eles também estão sujeitos a mensagens de texto com conteúdo malicioso e outras ameaças, como sites e MMS infectados. O que causa maior preocupação é que poucos usuários possuem alguma preocupação com a segurança de seus smartphones.

Proteção para internet banking móvel
De acordo com relatório produzido pela Trend Micro, as instituições financeiras deveriam ser mais responsáveis com o serviço que oferecem. Não basta apenas oferecer um aplicativo oficial para as transações financeiras. É preciso uma preocupação orgânica com a segurança desses aplicativos e as transações realizadas. Os bancos deveriam, também, estabelecer normas de segurança claras e trabalhar para que o usuário também tenha consciência das fragilidades e problemas do sistema.

Para ver dicas de segurança e como ficar prevenido ao utilizar o internet banking móvel confira o relatório elaborado pela Trend Micro, clique aqui.