Quem trabalha com segurança e tecnologia da informação não tem dúvida de que a segurança é uma questão fundamental, os hackers podem causar prejuízos significativos e muitas vezes irreparáveis para muitas empresas. Na década de 1990, os primeiros hackers a ganharem notoriedade pública foram Kevin Mitnick – acusado de invadir o Comando de Defesa do Espaço Norte-Americano – e Kevin Poulsen, que burlou o sistema de telefones de uma rádio americana para ganhar um Porshe.

De lá para cá, os hackers evoluíram e os ataques cada vez mais são motivados pela questão financeira. Para evitar esses transtornos, o melhor a fazer é investir na segurança e na tecnologia para não dar oportunidade para que criminosos prejudiquem a empresa.

Pensando nisso, decidimos fazer uma lista com os casos mais famosos de crimes cibernéticos e que ganharam destaque internacional. Está curioso? Então confira logo abaixo.

Operação Shady RAT

Em 2006, aconteceram uma série de ataques cibernéticos em pelo menos 72 corporações, de acordo com um relatório divulgado pela empresa de segurança McAfee. Os dados de todas essas instituições foram roubados por um grupo de hackers que usou um método de ataque único, que ficou conhecido como Operação Shady RAT. Dentre as organizações atacadas, estavam a Nações Unidas, agências de governo e empresas de segurança de diversos países. A Mcfee acredita que os hackers podem ter capturados cerca de 1000 terabytes de informação. Além disso, não foi possível afirmar quando o ataque realmente começou e muito menos mensurar o tamanho dos estragos causados.

Sony Pictures

A Sony Pictures foi invadida em novembro de 2014 e teve seus sistemas destruídos e informações roubadas. Os ataques foram atribuídos à Coreia do Norte, mas até o momento esta alegação não foi comprovada. Acredita-se que o ato tenha sido uma represália ao filme A Entrevista, que relata a história de um complô para assassinar o líder norte-coreano Kim Jong Un. Os especialistas utilizaram os termos “ato de guerra” e “ciberterrorismo” para definir este tipo de ataque.

Sistemas militares americanos

Entre 2001 e 2002, os EUA sofreram o maior ataque de todos os tempos a um computador militar. Cerca de 53 computadores do exército americano, da aeronáutica, do Pentágono e da Agência Espacial Americana (Nasa) foram danificados. O hacker alegou que tinha o objetivo de comprovar a existência de objetos voadores não identificados e comprovar a falta de segurança do sistema americano.

Cartões de crédito e invasões bancárias

O maior caso de roubo de cartões de créditos ocorreu entre 2005 e 2007. Um grupo de hackers atacou sistemas corporativos, roubaram informações dos computadores e ainda por cima conseguiram vender milhares de cartões de créditos de americanos. Já em 1994 um hacker conseguiu transferir cerca de 10 milhões de dólares para sua conta bancária na Rússia.

Rede Domino’s

Mais de 600 mil clientes da Domino’s Pizza, rede de pizzaria da Bélgica e França, tiveram seus dados roubados pela organização conhecida como Rex Mundi (rei do mundo). Os hackers exigiram um pagamento de US$ 40 mil para devolver os endereços e senhas dos clientes.

Rede Target

A rede de varejo Target, dos EUA, teve seu sistema de pagamento invadido por hackers. Foram furtados cerca de 40 milhões de dólares vindos de clientes por meio dos dados que ficam gravados na tarja magnética dos cartões.

Você conhece outros casos históricos de invasão cibernética? Compartilhe-os com a gente nos comentários abaixo.

abd_hacker_teknodahi