Enviar documentos, repassar e-mails, propostas e planilhas diversas. Tudo isso faz parte das atividades diárias de profissionais e empresas em todo mundo e envolvem a utilização constante do e-mail. Diariamente, informações vitais e altamente sigilosas para o negócio são trocadas por e-mail. O fluxo de mensagens diário de um alto executivo pode revelar quase tudo sobre uma empresa.

Os criminosos tem plena consciência desse cenário. Por isso, utilizam o e-mail como porta de entrada para diversos ataques. Eles também podem roubar mensagens para aprender sobre as minúcias da empresa e os funcionários, e, a partir disso, elaborar um ataque direcionado. Setores que envolvem grande sigilo como pesquisa e desenvolvimento também podem ser alvo de espionagem industrial. O concorrente pode estar atrás de algum projeto ainda não divulgado.

Outro problema é a interrupção do serviço devido a ataques e malwares. Pense no seguinte cenário: Uma grande corretora imobiliária, os corretores dependem do e-mail para enviarem propostas e realizarem a tramitação dos documentos de compra e venda. Em um determinado dia, o serviço de e-mails é impactado por um ataque. Além de ficar inoperante durante todo o dia, os profissionais ainda perdem todas as mensagens arquivadas. O impacto disso para o negócio é quase imensurável, são vendas perdidas, alguns trabalhos de relacionamento com o cliente jogados fora, um prejuízo colossal.

Você pode fazer o exercício de imaginar qual seria o impacto da interrupção do serviço de e-mails e da perda dos arquivos de mensagem para o seu negócio. Certamente é um cenário que o board executivo não quer presenciar.

É possível proteger e-mails sensíveis

O passo fundamental é realizar a criptografia do conteúdo dos e-mails. A criptografia serve para “embaralhar” as informações transmitidas e permite que documentos sensíveis sejam transportados, tanto no mundo físico quanto eletrônico, reduzindo o risco de que essas informações sejam vistas por terceiros, como criminosos ou espiões.

Com a criptografia, será possível estabelecer chaves de acesso a esses e-mails, que só poderão ser lidos caso a chave correta seja utilizada. Ou seja, se um dos e-mails for roubado por um criminoso, ou até mesmo vazado por algum funcionário mal intencionado, ele estará “trancado”, sem a chave de acesso ele será um conjunto de dados inúteis.

Recomendação da Real Protect

Consolidando-se ano após ano como a referência em segurança para servidores e data-centers, a Trend Micro desenvolveu uma solução de criptografia e proteção de e-mails na nuvem muito eficiente. O CloudAPP Security atinge os requerimentos de segurança das empresas e possui como foco o Office 365, utilizado pela grande maioria das companhias em todo o mundo. O CloudAPP Security fornece além da criptografia, um serviço de análise de sandbox, importantíssimo para evitar que malwares sejam baixados para a empresa, além de um serviço de Data Loss Prevention (DLP) para evitar o transtorno passado por muitos profissionais, a perda dos arquivos de e-mail.