Um relatório lançado essa semana pela Juniper concluiu que o cibercrime deve impactar as empresas em todo o mundo em 8 trilhões de dólares em 2022. O principal motivo do crescimento segundo o relatório é que a conectividade irá aumentar, mas a segurança não conseguirá acompanhar no mesmo ritmo.

De acordo com a pesquisa, apenas em 2017 mais de 2,8 bilhões de dados de consumidores armazenados pelas empresas sofrerão algum tipo de vazamento. Nos próximos 5 anos, a expectativa é que o número chegue a 5 bilhões. Empresas de pequeno e médio porte (SMB’s) deverão sofrer o grosso dos ataques. Um dos grandes problemas é que, apesar das ameaças estarem cada vez mais avançadas e em maior quantidade, o orçamento de segurança das empresas desse segmento não deve ser alterado.