Uma Zombie VM é uma máquina virtual criada, na maioria das vezes com um propósito específico, e é esquecida quando esse propósito deixa de ser necessário. Como resultado, a VM continua a consumir recursos ao passo em que performa um trabalho sem utilidade. A proliferação de máquinas virtuais zumbis nos data-centers é uma das maiores causas do chamado “virtualization sprawl”, causa de lentidão e consumo excessivo de recursos da infraestrutura física.

 

Como funcionam as Zombie VM

Máquinas virtuais podem ser criadas de forma rápida e fácil, elas utilizam apenas uma pequena fração dos recursos da infraestrutura física para funcionar. Quando instâncias virtuais são criadas mais rápido do que removidas o resultado é a formação de Zombie VM. A ironia da Zombie VM é que ela cancela os benefícios que tornam a virtualização tão atraente, que é justamente o custo mais competitivo. A Zombie VM custa para a empresa mais dinheiro com licenças operacionais, servidores e recursos de base de dados sem adicionar nenhum valor para o negócio.

A maior parte das Zombie VM são simplesmente servidores virtuais temporários que foram esquecidos devido a procedimentos relaxados de rastreio e acompanhamento dessas máquinas virtuais. Idealmente, a criação de cada VM deve ser documentada, em conjunto com seu propósito e o responsável. Quando uma VM torna-se desnecessária, ela deve ser removida. Uma vez que a virtualization sprawl ocorre, torna-se necessário diferenciar as VMs produtivas das Zombie VM. Indicativos de uma Zombie VM incluem a falta de tickets de suporte recentes e utilização abaixo da média de CPU, rede e disco.

 

Prevenindo uma Zombie VM

A prevenção de Zombie VM requer tanto políticas assertivas quanto softwares. Políticas de gerenciamento devem estar em curso para guiar a criação e a retenção de VMs e as instâncias de armazenamento. Os softwares podem ser usados para identificar os responsáveis pelas instâncias de VMs, reportar o uso recente e especificar por quanto tempo os recursos não estão em repouso. Idealmente, as ferramentas de governança de VM vão subir alertas quando um máquina se manter sem uso por um período definido de tempo e automaticamente desabilitar essa VM, recuperando a licença.