O setor financeiro é crítico para a economia de qualquer país. Além de contribuir com grande parte do PIB, de gerar diversos empregos, a paralisação do setor financeiro pode representar a paralisação de um país. Sem os mecanismos para as trocas de valores, cessa a máquina da economia, gerando interrupção de serviços e caos.

Contudo, é justamente essa visibilidade atrelada às transações de enormes quantias de dinheiro que torna o setor financeiro um alvo prioritário dos cibercriminosos, eles estão em buscas de aumentar os ganhos e aproveitar as “oportunidades”.

Um estudo feito na Inglaterra com profissionais de segurança do setor financeiro, realizado pela VMware, mostrou que dois terços das práticas de cybersecurity em suas empresas iriam chocar as pessoas de fora.

Entre outras descobertas:

  • 90% dos entrevistados disseram que tiveram que abrir mão de algo que estava no planejamento inicial de cybersecurity. Metade disse falar que isso era recorrente.
  • 71% sentem que existe um foco no e-banking e aplicações de consumidores em detrimento de sistemos internos e de troca de dados sensíveis.
  • 53% disseram que a liderança não tinha conhecimento da complexidade das ciberameaças.
  • 62% disseram ter problemas para conquistar orçamento para problemas urgentes de cybersecurity.

De acordo com a VMware, os profissionais na linha de frente da cybersecurity sentiam claramente que no ambiente de suas empresas existiam muitas vulnerabilidades importantes prontas para serem exploradas. Isso deveria ser um alerta para o sério risco que os dados estão correndo caso a segurança não permeie tudo que a empresa faz. Ignorar esse alerta pode resultar em grandes danos.

 

Causa para Preocupação

Esse estudo levanta a preocupação sobre as fundações nas quais o setor financeiro está construído. Ao passo em que a adoção de tecnologias digitais cresce a passos largos, todos no setor – de Fintechs a grandes bancos – não podem perder a noção de que a segurança é fundamental. Os executivos devem ter em mente que as empresas desse setor possuem um grande alvo nas costas e estão sendo escrutinadas pelos cibercriminosos em busca de dinheiro fácil.