Para as empresas do setor de varejo, com muitas lojas geograficamente dispersas, possuir uma rede de conexão segura, ligando todas as unidades e a matriz se tornou um ponto crítico dos processo de operação, como as máquinas de PoS, contabilidade, controle de inventário, precificação, gerenciamento de relação com o cliente e outros serviços do negócio. A rede nas lojas é vital, mas invisível, tanto para colaboradores quanto clientes, contudo, o status muda quando ela para de funcionar. Quando a rede cai, as transações param, os clientes vão para a concorrência e o dinheiro para de entrar.

Então, o que é necessário hoje para manter a segurança de uma rede do setor de varejo?

 

1 – Proteção contra Ameaças Avançadas

Uma proteção efetiva contra ameaças avançadas requer uma solução que integra capacidades avançadas de segurança com toda a rede. Essa solução deve integrar um conjunto de soluções colaborativas na própria infraestrutura de rede, eliminando elos fracos pela rede distribuída, do quiosque de vendas à nuvem corporativa.

 

2 – Performance

Com um crescente número de endpoints, aplicações e alto volume de dados, a rede precisa ser capaz de suportar a performance demandada pelo negócio. Ao mesmo tempo, funções necessárias de segurança não podem ser o empecilho e reduzir a performance da rede. Em um ambiente competitivo como o setor de varejo, atrasos desnecessários no processo de vendas podem resultar na perda de clientes. A rede precisa manter níveis contínuos e satisfatórios de performance ao longo do dia.

 

3 – Uma rede local compreensiva

Uma rede local pode ser considerada uma entidade independente, mas, ao mesmo tempo, parte de um organismo bem maior. Enquanto a conectividade à rede principal é um elemento chave, uma rede local segura, suportando tanto acesso cabeado quanto wi-fi, é crítico para suportar aplicações existentes e habilitar novas aplicações e serviços.

 

4 – Migração para redes públicas mais baratas

Os gestores hoje possuem muito mais opções de conectividade do que antes. Redes corporativas tradicionais, dedicadas, foram amplamente substituídas por opções mais rápidas e mais em conta, como DSL e MPLS. Contudo, existe uma opção ainda mais barata, a banda larga. O desafio de utilizar a internet para aplicações críticas requer uma segurança local robusta, a fim de prevenir incidentes de segurança.

 

5 – Adotar serviços locais inovadores

O e-commerce mudou os negócios do mercado de varejo. Para estar a par com as novas necessidades dos consumidores, as empresas tradicionais precisam encontrar formas de melhorar a experiência e promover a lealdade do cliente. Agumas tecnologias nas lojas podem ser a chave para habilitar essas iniciativas. Contudo, enquanto a facilidade permitida pelo wi-fi provê flexibilidade para algumas iniciativas, se não é implementado de forma adequada, também é um excelente ponto de entrada para os criminosos.

Para se manter competitivo no mundo em constante mudança de hoje, as empresas de varejo precisam encontrar soluções inovadoras para criar valor, reduzir custos de operação, mitigar riscos e manter a confiança e lealdade do cliente. Para empresas com diversos pontos distribuídos geograficamente, redes locais seguras e conectividade entre todas as unidades e a matriz é crucial para a operação do negócio. Quando um incidente ocorre, dados sensíveis dos consumidores podem ser comprometidos, com sérias consequências para o negócio.