Serviço de Pentest

Saiba como os criminosos enxergam sua empresa!

Todos os dias vemos diferentes casos de ciberataques em endpoints e servidores, onde os hackers conseguem roubar tudo, desde senhas até informações financeiras e dados diversos. Não importa o quanto as equipes de gerenciamento de redes, de TI e Segurança das empresas tentem combater esses incidentes de segurança, os hackers sempre estarão um passo a frente. A realidade é que esse é um grande jogo de gato e rato, o Serviço de Pentest auxilia sua empresa a estar a frente dos criminosos.

Contudo, a boa notícia é que existe uma forma para que as empresas descubram suas fraquezas e vulnerabilidades antes que um hacker o faça. Isso pode ser conseguido por meio de um Teste de Penetração, amplamente conhecido como Pentest. De forma simples, ainda que o Pentest seja um processo altamente complexo, o Pentest examina as fraquezas e as vulnerabilidades de uma infraestrutura de TI, tentando descobri-las e explorá-las de forma segura e controlada.

As vulnerabilidades podem ser encontradas em softwares nesses pontos de entrada: Backdoors em sistemas operacionais, falhas não intencionais na arquitetura do código de software, falhas na configuração e na gestão de softwares, utilizar a aplicação de uma forma que ela não foi arquitetada originalmente.

O Pentest utiliza um mix de operações automatizadas e manuais e geralmente tem como alvo os seguintes endpoints: Servidores, Endpoints de Rede, Redes Wireless, Dispositivos de Segurança de Rede, Dispositivos móveis e wireless e outras áreas de exposição como aplicações e códigos.

Contudo, deve-se ressaltar que o Pentest não se mantém apenas nesse nível. O primeiro objetivo é ir o mais longe possível dentro da infraestrutura de TI para conquistar acesso a dados, informações e senhas.

Como Escolher um Serviço de Pentest

Existe uma forma para que as empresas descubram suas fraquezas e vulnerabilidades antes que um hacker o faça. Saiba mais sobre os tipos de pentest e como escolher um bom fornecedor para pentest.
 

Testes Black Box/ White Box/ Gray Box

Para revelar as vulnerabilidades que podem ser encontradas em qualquer empresa, existem três tipos de Serviço de Pentest que podem ser realizados, sendo eles:

  • Black Box
  • White Box
  • Gray Box

 

Teste Black Box

Em um ataque real, o criminoso não possui todas as informações e minúcias a respeito da infraestrutura de TI de uma empresa. Por isso, ele vai utilizar uma série de medidas diferentes para encontrar as fraquezas, vulnerabilidades, explorá-las e conseguir acesso à infraestrutura de TI.

Em outras palavras, nesse tipo de Serviço de Pentest nenhuma informação é dada sobre procedimentos internos, aplicações e dispositivos utilizados, nem sobre o código fonte e a arquitetura do software. Como resultado, esse tipo de teste leva mais tempo para ser executado, já que exige um processo de tentativa e erro. O benefício é que a empresa terá uma visão mais próxima possível de como um verdadeiro criminoso enxerga a empresa e quais vulnerabilidades ele pode efetivamente se aproveitar.

O Black Box é indicado para empresas que possuem uma segurança madura, ou seja, bem consolidada, com processos, equipe e tecnologias em sintonia. O Black Box auxilia na identificação de fraquezas e vulnerabilidades que ainda existem na rede, complementando a segurança e de fato colocando à prova para melhora contínua da gestão e processos.

 

 

Teste White Box

Nesse tipo de teste, a equipe que vai realizar o procedimento tem o conhecimento completo da infraestrutura de TI. Por isso, um White Box pode ser executado em um intervalo de tempo muito menor se comparado a um Black Box. Outra vantagem é que muito mais fraquezas e vulnerabilidades podem ser exploradas com esse tipo de Pentest, facilitando posteriormente o processo de correção e mitigação desses problemas.

O White Box é indicado para empresas que ainda estão em processo de consolidação da infraestrutura. Os resultados apontados por um Pentest de White Box podem ser essenciais para o estabelecimento de processos de segurança, revisão de políticas e priorização de tecnologias e sistemas a serem implementados.

 

Teste Gray Box

Como o nome sugere, esse teste se encontra entre o Black Box e o White Box. Em outras palavras, a equipe que vai realizar o teste possui um conhecimento parcial sobre a infraestrutura de TI. Isso pode ser restrito a alguns dispositivos de rede, ou aplicações, arquitetura de códigos, depende das intenções da empresa que deseja executar um pentest.

O Gray Box é interessante em casos em que a empresa deseja um conhecimento real de como um atacante enxerga determinadas partes da infraestrutura, de forma que a equipe que vai executar o teste sabe de antemão de parte das informações sobre a TI, otimizando o processo, diminuindo o tempo e dificuldade do teste.

Entre em contato com nossa equipe e veja qual o Serviço de Pentest mais indicado para sua empresa